Pra comer, beber e conversar

Arquivo para julho, 2012

O sonho da casa própria

Resolvi fazer um post para comemorar 1 ano da mudança para o nosso apartamento. Data que significou muito para nós.

Esse jantar, fizemos assim que nos mudamos. Queríamos comer um monte de coisa gostosa e fizemos algo ao estilo do que os italianos chamam de cena al sacco. Que é um jantar meio piquenique, quando eles colocam pães, salames, salsichas e, claro, vinho dentro de sacolas ou mochilas e se encontram pra comer em qualquer lugar ao ar livre. Esse costume é mais praticado no verão ou primavera, pois o clima do outono ou inverno não permitiria essa diversão fora das casas com calefação.

Não existe um “cozinhar”. É petiscar a noite toda, tomando um bom vinho e batendo papo.

No nosso caso, como tratava-se da comemoração de uma super conquista, tomamos um champagne que estava guardado há tempos, exatamente para uma data tão especial quanto esta.

Para comer, tivemos pão italiano, pesto de azeitonas pretas, caponata de berinjela e queijo grana padano. Estava tudo muito bom, com gostinho de saudade da Itália.

Acho que essa é uma ótima dica para quem quer receber os amigos em casa, mas talvez não queira ter tanto trabalho ou não quer ficar cozinhando enquanto a galera bate papo na sala.

Nesse caso, com convidados, acredito que deva-se aumentar a variedade dos itens. Além do pão italiano, caponata, pesto e o queijo grana padano, pode-se incluir um tipo de salame e presunto parma. Uma pastinha de gorgonzola cai muito bem também. Para dar a opção de um pão mais fininho e leve, sugiro  o sueco ou sírio torrado. Para completar, tomates picados e temperados podem render deliciosas bruschettas montadas na hora.

Tudo isso + vinho + amigos, a noite está ganha!

Anúncios

Deu sopa

Já estamos no inverno e o friozinho inspira uma sopa. Mas não poderia ser uma “simplezinha”, mas uma sopa de capelletti bem caprichada!

A Cappelletti in Brodo “original” é praticamente uma água suja com o cappelletti. Já a receita de sopa de cappelletti da minha mãe, copiada por mim, leva frango desfiado, batatinha, cenoura e bastante cheiro verde. O resultado é lindo e delicioso.

Convidamos um amigo, que queria algumas revistas de decoração emprestadas e aproveitamos para beliscar um queijinho com vinho.

Já estava ótimo, mas era a noite da sopa. Modéstia a parte, ficou muito boa!

Super inspiração para os próximos dias que, espero, sejam bem frios!